Blog

Produtor alega ter levado golpe de Roberta Miranda no valor de R$ 140 mil
00
 

A noite de encerramento da Festa do Abacaxi em Roraima tinha tudo para ser de muita alegria e confraternização, mas terminou no 5º Distrito Policial.

Tudo porque o produtor de evento alega que a cantora Roberta Miranda, recebeu adiantado seu cachê no valor de R$ 140 mil (cento e quarenta mil reais) livre de impostos e ela se recusou a subir no palco, alegando que o motorista da empresa Porto Tur havia se perdido.

Segundo informações do produtor a menos de 10 quilômetros do evento o carro que levava a cantora, por volta de pouco mais de meia-noite, foi parado por uma viatura da Polícia Militar, que prontamente se ofereceu para escoltar a cantora e sua assessora até o local do show. Porém, Roberta Miranda se recusou a subir no palco onde milhares de fãs aguardavam e optou por retornar 50 quilômetros e ir até o 5º Distrito Policial registrar um Boletim de Ocorrência com sua versão dos fatos.

E assim que chegou no 5º DP, Roberta foi orientada pelo delegado plantonista a retornar para fazer o show a um público de 20 mil pessoas que a aguardava ansiosamente e o próprio produtor do evento. E novamente a cantora se recusou.

Curtidas(0)Descurtidas(0)